De onde vem Oh meu Deus!

De onde vem, ó meu Deus,
esta paz que me inunda?
De onde vem esta fé que
agora invade meu coração?

A mim que, a todo o instante,
incerto, agitado
E nas ondas da dúvida,
balançado aos quatro ventos,
buscava o bem, o verdadeiro,
no sonho dos sábios,
e a paz nos corações ecoando
na tempestade?

Sobre minha fronte, mal
deslizaram alguns dias,
parece que um século e um
mundo passaram,
e que, separado deles por
um abismo imenso,
um novo homem em mim
renasce e começa.

Alphonse de Lamartine ("Harmonias Poéticas e Religiosas")

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DO CEARÁ- AS PRINCIPAIS TRIBOS INDÍGENAS

CORDEL - O QUE SÃO SEXTILHAS

ORIGEM DA FAMÍLIA PINHO NO BRASIL