Postagens

Diversâo, arte e cultura: Clássicos em HQ

Imagem

Personagens varzealegrenses - Amadeu Siebra - Por J. Ferreira

AMADEU SIEBRA -  do respeitável clã dos Siebras. homem educado, prestimoso, em quem os óculos caídos sobre o nariz eram parte integrante de sua personalidade. deve ter nascido - por nomeação de S. Raimundo Nonato - sacristão "ad aeternam" da nossa igreja, funçao  em que soube se mostrar "the right man in the right place"...Chefe de respeitável família, dentre seus filhos, destaco o João, das criaturas mais inteligentes que já vi: - madeira pra toda obra, puro jacarandá da Bahia! Mesmo,  varzealegrense...e por falar em nosso benquisto Amadeu, lembro seus pais e irmãos,  grupo que pontificou em nossa terrra.  Gente íntegra, inteligente, do mais respeitável padrão. Foram seus pais o Sr. Raimundo Ferreira Lima Siebra   e D. Ormecinda Pedrosa Siebra. Além de Amadeu, eram filhos do casal: -Jorge (com pendores farmacêuticos), José Augusto, Francisco, Adelina, maria, Odete e Zulmira. As mulheres sempre foram a parte mais viva do coral da nossa igreja, pelas bonitas e educ…

As obras de Stephen King -Por Arita Souza

Imagem
As obras de Stephen King sempre foram fontes inesgotáveis dos cineastas de filmes de terror, comoo canadense David Cronenberg, que levou às telas A Zona Morta em 1994, baseado na obra homônima do escritor americano. Assim também ocorreu com outras histórias do mestre do terror. “As Crianças do Milharal”, por exemplo, conto presente em Sombras da Noite, deu origem ao clássico filme de horror que marcou uma geração: Colheita Maldita, de 1984, dirigido por Fritz Kiersch. Os cenários descritos por Stephen King são familiares e acima de qualquer suspeita — um colégio, uma fábrica, uma lanchonete rodoviária, uma lavanderia, um milharal. Mas no mundo do autor, qualquer lugar pode servir como território sobrenatural. Só é necessária uma hora propícia da noite e a distração das vítimas.
Conhecido por sua habilidade em despertar a adrenalina de modo intenso das primeiras às últimas páginas de seus livros, Stephen King maximiza sua capacidade em prender a atenção dialogando com o próprio leitor e …

Saúde: Adesivos coloridos podem ajudar a combater o câncer de pele

Imagem
Fonte: ES-BRASIL -NO. 147 -Vitória -Es

Artigo: Mercado de leite fortalece indústria de máquinas - Por Mário Fortunato, gerente de produtos da Husqvarna para a América latina

Imagem
Publicado em O NORTE DE MINAS, Ed. No, 3281

"A Véia Debaixo da Cama", a ideia de Antão completa 42 anos - Por Giovani Costa

Imagem
"A Véia Debaixo da Cama", a ideia  de Antão  completa 42 anos  Antão leandro Bitu era um jovem de 24 anos em 1976 e cursava agronomia na Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul. Estava em Várzea Alegre, de férias, próximo a iniciar o último semestre do curso. Como de costume, quase todos os dias, a noitinha, costumava frequentar a nossa casa, gostava muito de conversar com o meu irmão Manoel Leandro. Nessas conversas, lançou uma idéia de formar um bloco de carnaval, com o nome de "A Véia Debaixo da Cama",haja visto que a música com o mesmo título, de autoria de Jonas de Andrade, o saudoso "Biligui" e gravada pelo Trio Nortista, fazia um grande sucesso naquele ´período, sendo tocad em todas as rádios. A música também fez sucesso com Geraldo Nunes. Tempos depois foi gravada pelos Trapalhões. A idéia foi bem aceita e teve o apoio da irmã Alacoque e demais membros da família. O bloco era bastante simples e popular: não tinha abadá, nem alas, tud…

Pequinês, lhasa e shih tzu: os queridinhos do Oiente - Por Myrna Peres Wanderley - Médica veterinária

Imagem
Fonte: A Gazeta, No. 392 - Vitória -ES

JOSÉ JOAQUIM TELES MARROCOS - Por Prof. Lailson Gurgel Feitosa Araújo

Imagem
JOSÉ JOAQUIM TELES MARROCOS. 
Nasceu na cidade de Crato aos aos 26 de novembro de 1842, dois anos mais velho que seu conterrâneo, amigo e primo Cicero Romão Batista, fora Professor, Jornalista e abolicionista. Os pupilos do Cel. José Luís Alves Pequeno, José Marrocos e Cícero Romão matriculam-se no Seminário da Prainha, Fortaleza, diocese criada em 1854. Especulam-se dois motivos de sua expulsão do seminário. A primeira hipótese teria sido por que José Marrocos, se negou, por humildade, a receber a comunhão por não se achar digno de comungar o corpo de Cristo, e a segunda teria sido bem virtude de o biografado ser filho do padre João Teles Marrocos com uma cabocla escrava. De volta ao Cariri José Marrocos se torna um ardoroso defensor dos milagres eucaristicos ocorridos a partir de 1889, além de reivindicar maciçamente pela emancipação do distrito de Juazeiro. Com a chegada de Dr. Floro Bartolomeu da Costa, em 1908, o mesmo se encarrega pela supremacia das diligências politicas tanto q…

JURITI o pássaro humano Por José Mendes Pereira

Imagem
JURITI o pássaro humano Por José Mendes Pereira
Esse cangaceiro foi um dos que pagou caro pelas perversidades que praticou contra seres humanos. É claro que não devemos elogiar pessoas que vivem das maldades. Mas também não podemos aceitar que esses cruéis assassinos sejam maltratados de forma desumana. É o caso do Juriti, um assecla cheio de delinquências. Ninguém sabe o porquê de seu pensamento adverso em fazer somente o mal, coisa que só o pai celestial é quem sabe explicar. O perverso não veio ao mundo marginal. Dedicou-se à marginalidade por falta de opção: escolas musicais, escolas de teatro, atletismo, cursos profissionalizantes, incentivo à leitura etc. Se isso um dia tiver franco, o jovem que não tem o que fazer irá procurar participar da sociedade, juntando-se aos demais que pretendem ser alguém na vida. O escritor Alcindo Alves afirma em seu livro: "Lampião Além da Versão - Mentiras e Mistérios de Angico", que o primeiro cangaceiro conhecido por Juriti foi o João Soar…