Beleza -Por Henrique Ribeiro

Beleza

A Beleza é o brilho da luz, o produto da consciência, onde ocorre a criação e todas as coisas tem sua existência.
A Luz Maior do arquiteto cria para cada fabricante a Luz Menor dos desenhos que lhe cabem executar. O operador segue os planos sem questionar e dá vida às maquinas, podendo assim, transmutar a luz conforme seu conhecimento e experiência, para que a luz tenha utilidade no reino das coisas geradas. A luz gerada se apaixona por seu observador, retribuindo-lhe a atenção com sua própria beleza. O brilho e o reflexo então se relacionam num processo artístico regenerativo, e o Amor do arquiteto logo pode ser percebido quando as criaturas se sentem altruístas ao mesmo tempo​ em que são constantemente recompensadas.

Henrique Ribeiro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA DO CEARÁ- AS PRINCIPAIS TRIBOS INDÍGENAS

CORDEL - O QUE SÃO SEXTILHAS

ORIGEM DA FAMÍLIA PINHO NO BRASIL