Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Aderson, o Homem do Transatlântico - Humberto Mendonça

Imagem

Cobrança indireta - Por Giovani Costa

Certa feita, Zé Batista, cunhado da nossa amiga Artemísia, tinha um bar perto do Mercado Central de Várzea Alegre, cujo prédio pertencia ao Sr. Acelino Leandro. O vencimento do aluguel era todo dia 30 de cada mês. Sempre na mesma data, ou seja, dia 30, mal Zé Batista abria o bar, chegava Seu Acelino com aquele vozeirão. Cumprimentava: Bom dia, Zé Batista! Bom dia, Seu Acelino, respondia um desanimado Zé Batista. Zé Batista, como estão as coisas? Estão indo bem? Perguntava Seu Acelino. Tá nada, Seu Acelino, comércio tá muito fraco, vendendo muito pouco, o povo sem dinheiro, um fiado danado, que os "cabas" não querem pagar, não tá nada fácil, Seu Acelino, tô pensando em fechar isso aqui... Mas homem, não desanime não, Zé, e olhando para o calendário do relógio no braço, dizia: Olha aqui oh, o mês ainda não terminou não, rapaz, hoje ainda é o dia trinta, não se esqueça, ainda é dia trinta, deixe de ser desanimado!

Humor - Barnabé -Show de Graça vol.1

Imagem

Filhos de José Raimundo Duarte de Meneses, casado com Mariana (Tratado Genealógico da Família Feitosa)

Imagem
Obs: Nota do Blog do Inharé:  Na página 215 o autor cometeu um equívoco: quem era casada com Joaquim De Sátiro (Joaquim Alves de Oliveira era Maria e Ana era casada com José Alves Bezerra (Santiago).

As lágrimas do último adeus- Homenagem especial ao Monsenhor Francisco Murilo de Sá Barreto, o vigário do Nordeste- Poeta Pedro Bandeira

Imagem

Começa HOJE, sexta-feira, dia 26, o XI Festejo Várzea Alegre Junina - Por Antônio Artur

Imagem
Começa HOJE, sexta-feira, dia 26, o XI Festejo Várzea Alegre Junina. Hoje e amanhã, dia 27, as melhores quadrilhas juninas da nossa cidade e da região se apresentarão na quadra do CSU, disputando o festival. Terá ainda apresentações culturais com equipes de entidades varzealegrenses. No dia 28, acontecerá o auge da festa, com o 32º Forró de São Pedro do CSU com Fábio Carneirinho, Joãozinho do Exu, Zabumbando, Manoel Dias e Forró Arrochado e Forró Cara Véia. A festa é de graça e aguarda grande público. O prefeito Vanderlei Freire convida as famílias varzealegrense para este grande é importante momento de elevação da cultura popular e da tradição junina de Várzea Alegre. Curt

O EVANGELHO DO LAR - CHICO XAVIER

Imagem
O "Evangelho no Lar" é uma reunião fraterna dos componentes do lar sob o amparo de  Jesus, visando transformar o lar terreno num ninho de amor, concórdia, colaboração e perdão entre os integrantes da família. Podemos assim, transformar, aos poucos, a nossa casa material num aconchegante ponto de refazimento de energias espirituais. É um momento importante, porque nesse dia, convidamos Jesus para vir sentar-se à mesa conosco. Preparamos tudo com antecedência para recebê-lo em nosso lar e em nosso coração, através do estudo do Seu Evangelho de Amor.
Chico Xavier

A insubmissão de 1824. Consequências no Ceará. (Raimundo Girão)

Imagem

IX FEIRA AGROECOLÓGICA DO SÍTIO SÃO VICENTE - VÁRZEA ALEGRE

Imagem

Há 90 anos ( 23 de junho de 1925), falecia no Sanharol, o meu avô Manoel Leandro Bezerra

Imagem
Há 90 anos ( 23 de junho de 1925), falecia no Sanharol, o meu avô Manoel Leandro Bezerra, aos 52 anos.
Dos oito filhos que deixou, só minha tia D, Ana Leandro, com 103 anos estar entre nós!
Manuel Leandro Bezerra
Nasceu em 1873, numa casa onde é a propriedade de João Menezes Costa, no Sanharol.
Quarto filho de Manuel Leandro Bezerra (3° do segundo casamento deste com Clara Alves de Morais Feitosa, do Pita, localidade de Arneiroz, Inhamuns). Bisneto de Papai Raimundo.
Seus irmãos eram:
1- José Alexandre Bezerra de Meneses
2- Ana Bezerra do Vale (Santana)
3- Antônio Leandro Bezerra
4- João Leandro Bezerra
5- Joana Leandro Bezerra
6- Maria Leandro Bezerra Por alguns anos, viveu na cidade do Crato, na fazenda de Zuza Bezerra de Brito, seu primo. Zuza era filho de Vicente Bezerra de Brito, e depois, veio a ser padrinho do seu filho Antônio.
Foi agricultor, criador de gado e ovelhas e também foi tropeiro. Comprava farinha em Campos Sales e Santana do Cariri para vender em Cajazeiras, na Paraíba.
Também…

ESTAÇÃO SÃO JOÃO - SÁVIO PINHEIRO

Imagem
ESTAÇÃO SÃO JOÃO Aos vinte e três do mês, vislumbro o firmamento Em que o Hemisfério Sul nos mostra um novo inverno; E Junho, em solstício, expõe seu frio externo Com céu limpo e estrelado em franco movimento.
Enxergo na fogueira um lume amarelento Com tochas aquecendo um fogo puro e terno: É noite de São João, um hábito que é eterno, Num clima invernoso, o qual experimento.
Saí beirando a noite e o leito da fogueira Com fé no carneirinho desde a vez primeira Sabendo qual o clima que anima a gente.
Ousei ver no inverno austral felicidade Cedi na noite fria aos chás da caridade Mirei raios de sol saindo na tangente.

Quadrilha 'Luar do Sertão' é a vencedora do Arraiá do Ceará

Imagem
Grupo retratou os campos de concentração da época da seca.Quadrilha vai representar o estado no 'São João do Nordeste'.
A quadrilha "Luar do Sertão", do município de Sobral, foi a vencedora do Festival "Arraiá do Ceará", que terminou neste domingo (21) no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza. Os 80 integrantes do grupo vão representar o estado no "São João do Nordeste", festival da Rede Globo que será realizado no próximo domingo (28) em Pernambuco.
Com o tema "Curral grande: das tragédias das secas à seca de homens", a quadrilha trouxe a história dos campos de concentração criados na época de seca de 1915 e de 1932, no Ceará, baseado na peça de Marcos Barbosa. O campo do Pirambu, mais conhecido como campo do Urubu, foi representado em cenário cenográfico. O figurino dos brincantes teve o céu (do amanhecer ao anoitecer), o sol, a terra  e a mata seca. Do G1 CE

SURURU NO FORRÓ DO INHARÉ - POR GIOVANI COSTA

Imagem
SURURU NO FORRÓ DO INHARÉCerta ocasião houve uma festa na Escola Isolada do Inharé (hoje Antão Leandro),, tocada por Neguinho de Ciço Luis das Panelas. A festa corria em paz, muito boa, até que chegou um cidadão estranho, parecendo cowboy, chapéu Panamá, costeletas, etc. Quando este rapaz chegou, acompanhado de Manuel Bitu, todo mundo queria saber quem ele era. Até que a conversa foi passando de ouvido em ouvido: João de Olavo estar na festa. Quando o sanfoneiro soube, não terminou de tocar nem o chililique. Foi um corre-corre, a porta ficou estreita. O zabumbeiro jogou o zabumba por uma janela, o trianguista pulou por outra. No sururu, até hoje ninguém sabe como Ana de João de Pedim e Raimunda Sabino, gordas daquele jeito conseguiram pular uma janela e sairem correndo. Pois é, a festa acabou sem haver nem um tapa, imagina se alguém tivesse dado pelo menos um tiro, ainda hoje tinha gente perdida. Mas o prejuízo maior quem levou foi Francisca de João Gomes, que na confusão, derrubaram …

A POLÍTICA CEARENSE NO IMPÉRIO E NA REGÊNCIA (RAIMUNDO GIRÃO, EM PEQUENA HISTÓRIA DO CEARÁ)

Imagem