Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016
Imagem
NO COITO DO PESQUISADOR DO CANGAÇO GERALDO JÚNIOR

O CASO DO CANGACEIRO MENINO DE OURO.
Por Geraldo Junior

Embora identificado na tradicional fotografia do bando de Lampião em Limoeiro do Norte/Ce tirada em 15 de junho de 1927, alguns pesquisadores/historiadores afirmam que o cangaceiro "Menino de Ouro" foi ferido gravemente durante a tentativa de invasão à Mossoró/Rn, e que veio a falecer durante a fuga, antes de chegar a Limoeiro do Norte/Ce, sendo enterrado em terras cearenses.

Segundo o pesquisador/escritor Antônio Amaury Corrêa de Araújo "Menino de Ouro" não foi o cangaceiro que foi morto nessa ocasião, e que inclusive, esteve pessoalmente com ele há algumas décadas atrás.

Um detalhe que devemos observar com atenção é o fato de todos os moradores da região da Lagoa do Rocha (Chapada do Apodi) em Limoeiro do Norte/Ce, serem unânimes em afirmar que o cangaceiro que foi ali enterrado é realmente o “Menino de Ouro”. Inclusive, o próprio senhor que serviu de guia pa…

Eu acredito no poder de cura do amor

Imagem
Uma das ferramentas poderosas para a cura de todos os relacionamentos de família, trabalho, casual, ou íntima que se encontra "bênção com Amor." Quando alguém está fazendo algo para perturbar a harmonia de sua vida, os abençoe com Amor. Você pode fazer isso de várias maneiras. Você pode dizer: "Eu te abençoo com o Amor, e eu trago harmonia a esta situação," ou "eu te abençoo com o Amor, e" eu vou "libertá-lo e deixá-lo ir", ou "eu libero você para o seu Bem maior. " Quando fazemos isso de forma Consistente, algo acontece no lado invisível da Vida, bem como a situação muda para melhor. Eu já vi esse processo de curar relações de todo tipo. Elas tornaram-se agradável, famílias expressando o Amor, as pessoas difíceis, saírem , relacionamentos íntimos se tornar harmonioso , verdadeiro . Todos que praticam essa bênção com Amor estão muito satisfeitos com os resultados.

Quem dobrou seu paraquedas hoje?

Imagem
Charles Plumb era piloto de caça dos EUA e serviu na guerra do Vietnã. Depois de muitas missões de combate, seu avião foi derrubado por um míssil.  Plumb saltou de paraquedas, foi capturado e passou seis anos numa prisão norte-vietnamita.Ao retornar aos Estados Unidos, passou a dar palestras relatando sua odisseia e o que aprendera na prisão. Certo dia, num restaurante, foi saudado por um homem:  “Olá, você é Charles Plumb, era piloto no Vietnã e foi derrubado, não é mesmo?”  “Sim. Como sabe?”, perguntou Plumb.  “Era eu quem dobrava o seu paraquedas. Parece que funcionou bem, não é verdade?” Plumb quase se afogou de surpresa e com muita gratidão respondeu:  “Claro que funcionou, caso contrário eu não estaria aqui hoje!!!" Ao ficar sozinho naquela noite, Plumb não conseguia dormir, pensando e perguntando-se:  “Quantas vezes vi esse homem no porta-aviões e nunca lhe disse "bom dia"? Eu era um piloto arrogante e ele um simples marinheiro.”  Pensou também nas horas que o mar…

Detran de Juazeiro do Norte realiza leilão de veículos - Por Renne Batista (via Facebook)

Imagem
Detran realiza de 30 de novembro a 3 de dezembro novo leilão de veículos em Juazeiro do NorteO Detran realiza no dia 30 (quarta-feira) e nos dia 1, 2 e 3 de dezembro próximo, em Juazeiro do Norte, o segundo leilão deste ano no Cariri, com a oferta de aproximadamente 1.400 lotes, formado por veículos apreendidos por circulação irregular na via pública.O leilão será realizado sempre das 10hs às 13, no Centro de Convenções do Cariri. A visitação dos lotes poderá ser feita a partir do dia 28, segunda-feira, na sede do Detran, no Distrito Industrial do Cariri. Até segunda-feira, o Detran divulgará a relação dos lotes com seus respectivos valores de lance inicial.

#ForçaChapecó!

Imagem

ORAÇÃO DA FÉ

Imagem

Humor do Facebook

Imagem

COMO NÃO CAIR NOS BOATOS DE INTERNET

Imagem

Pedra Cortada - Parambu -Ce (Documentário)

Imagem

ENCONTRE O EQUILIBRIO

Imagem

O Nazareno Manoel Jurubeba e as Pedras nos Volantes - Por Olímpio Jurubeba

Imagem
O Senhor Olímpio Jurubeba; filho de Davi Jurubeba; disse-me que Manoel Jurubeba era muito brincalhão, até na hora de brigar. Segundo o Senhor Olímpio quando um indivíduo é atingido por bala, no momento só sente a pancada, depois vem a dor. Manoel Jurubeba nos tiroteios que participou como volante, costumava jogar pequenas pedras nos companheiros, que ao receberem as pedras, gritavam: "Estou baleado !", daí Manoel Jurubeba se acabava de rir e gritava: " deixa de ser frouxo cabra ! Tu não está baleado não, deixa de ser frouxo e briga !" Foto e texto: Olímpio Jurubeba e Paulo Virgulino no Cariri Cangaço Floresta 2016 O Nazareno Manoel Jurubeba e as Pedras nos Volantes!
O Senhor Olímpio Jurubeba; filho de Davi ...

Guerra do Açu ou dos Bárbaros - O Extermínio esquecido pela História oficial

Imagem
Um denso e longo episódio da história do Brasil Colonial que mostra que os índios não ficaram  passivos diante da colonização e, mesmo em situação adversa, surpreenderam pela ousadia, coragem e persistência. Em muitos momentos, chegaram a ter sucesso militar, apesar de sua inferioridade bélica. Uma guerra pela ocupação dos sertões nordestinos, ente 1650 e 1720, e que levou ao massacre impiedoso de diversas tribos. Um dos fatos mais cruéis e menos conhecido de nossa história mas com muitos nomes: Guerra do Açu, Guerra dos Bárbaros, Confederação dos Cariris e Guerra do Recôncavo. Tupis e tapuias: a força de uma falsa dicotomia A ação e reação dos indígenas frente à invasão de suas terras pelos colonos variaram ao longo de todo período colonial: alianças (quase sempre temporárias), resistência feroz, guerra aberta, fuga para o interior entre outras. Contudo, fosse qual fosse a atitude, todas tiveram um impacto negativo sobre as sociedades indígenas, contribuindo para a desorganização soci…

16 Fatos que marcaram a implantação da República no Brasil

A República no Brasil nasceu aos trambolhões pelas mãos de um general que, até então, havia jurado lealdade eterna ao monarca. E só não foi abortada graças à má pontaria do ministro da Marinha que disparou contra o marechal Deodoro.  O povo assistiu a tudo bestializado, como disse Aristides Lobo, sem compreender o que se passava. A maioria não viu com bons olhos aquela aventura, pois, como se sabe, a questão não é saber como começa um golpe de força, mas como ele acaba. Listamos a seguir, as circunstâncias e os fatos imediatos que marcaram a proclamação da República no Brasil. Por eles percebemos que nem sempre a história se desdobra de maneira coerente e que as situações e os personagens podem mudar inesperadamente. 01. As novas ideias: tudo junto e misturado É recorrente afirmar que entre o final do século XIX e início do XX, foi uma época de grande movimentação de ideias: liberalismo, positivismo, socialismo e anarquismo. Contudo, tais ideias no Brasil estavam longe de reproduzir …

Água no Vinho - Por Sérgio Pires

Imagem
ÁGUA NO VINHO 

Á


As mudanças das quatro estações - Por Sestor Azimbara

Imagem
Os ipês desabrocharam, as cigarras estão tímidas, mas algumas cantam, as mangueiras já estão mostrando sua produção, os vagalumes começaram a piscar na escuridão, as cajazeiras, floridas e frondosas, prometem muitos frutos e, na alma, floresce uma pontinha de esperança para 2017. A Natureza tem seus ciclos muito bem definidos e, sistematicamente, muda a expressão da sua beleza, dando os contornos de cada estação. Na floresta, percebe-se, com muita clareza, essas mudanças. Temos sim, as quatro estações. E quanto a nós, humanos? Que mudanças nos ocorrem quando mudam as estações? Não sabemos. Aliás, o que sabemos é que não vemos as mudanças. E não vemos porque são sutis, mas porque prestamos muito pouca atenção em nós mesmos. Na verdade, olhamos muito para o que somos para o mundo, e não percebemos o que muda em nós, o que somos para nós mesmos. Como seria o verão em nós? Nossa estrela interna brilha mais forte? E o outono? Botões de esperança se renovam, florescendo na alma, durante a pri…

Frei Damião de Bozzano, o apóstolo do Nordeste - Parte II

Imagem

Obrigado Cantador _ Por Tiburcio. Bezerra

OBRIGADO, CANTADOR!...

Sábado, dia 19 de novembro, a Casa de Juvenal Galeno, em Fortaleza, através da nossa conterrânea Linda Lemos, abriu seu auditório para recepcionar um evento tipicamente varzealegrense.

Aconteceu alí o lançamento de um livro, de autoria de Tibúrcio de Souza Bezerra, também conhecido popularmente por Tibúrcio Bezerra, meu primo e xará. Com a presença de vários membros da Academia de Letras Juvenal Galeno, veio à lume uma  valiosa obra literária.  OBRIGADO CANTADOR é o título do livro com que o pesquisador e menestrel Tiburcio Bezerra brindou a comunidade nordestina.

Com riqueza de detalhes, o autor descreve em versos a saga do Rei do Baião. Foi feliz ao lembrar-se de que Luiz Gonzaga cantou para o papa João Paulo II e este, ao final da homenagem, esboçando um sorriso, simplesmente exclamou: "OBRIGADO, CANTADOR!... Foi muito feliz o Tibúrcio ao intitular a sua obra.

Vivemos uma tarde de alegria. Ao apresentar o livro, o autor não escondeu a sua emoção e demons…

O JUMENTO AINDA É NOSSO IRMÃO? Por Rangel Alves da Costa

Imagem
O JUMENTO AINDA É NOSSO IRMÃO?
*Rangel Alves da Costa

Segundo Luiz Gonzaga, Padre Vieira falou que o jumento é nosso irmão. Logicamente que numa alusão ao esforço do animal para ajudar o homem, ao seu companheirismo nos mais difíceis trabalhos do dia a dia, à sua amistosa disponibilidade para carregar no lombo o que o sujeito não suportaria levar adiante. Com efeito, há no jumento um poder essencial de contribuição ao ser humano. Tudo isso, porém, muito mais em tempos passados. E atualmente será que o jumento continua sendo reconhecido como tal, como amigo e irmão do homem? Algumas explicações antes de seguir adiante. Muita gente confunde o padre Vieira citado por Luiz Gonzaga na música “O jumento é nosso irmão”, com o Antônio Vieira, padre jesuíta do século XVII. Na verdade, o religioso da Companhia de Jesus se preocupou mais com a escrita de sermões do que com a vida desse animal possivelmente introduzido no Brasil por Martin Afonso de Souza, pelos idos de 1534. Já o outro Vieira, …

Frei Damião, O Apóstolo do Nordeste (Parte I)

Imagem

O Gênio Ciumento - Martha San Juan

Imagem
O Gênio Ciumento Ele poderia ter entrado para a história como anatomista brilhante, fundador do Museu de História Natural de Londres e criador da palavra dinossauro (que significa "lagarto terrível" em grego). Mas o inglês Richard Owen é lembrado até hoje por um motivo nada brilhante: ser um dos mais implacáveis inimigos da  teoria evolucionista- e a rivalidade que mantinha com seu autor, Charles Darwin. "Que homem estranho, invejoso de um naturalista como eu, tão inferior a ele", comentou um modesto Charles Darwin referindo-se ao cerco implacável do colega. Darwin era o mais famoso, mas não o único alvo dos ataques de Owen - um homem que apesar das grandes descobertas científicas  parecia sofrer  de "memória fraca"; tinha incrível facilidade para esquecer quem o havia ajudado  em suas pesquisas  e assim,  arrumar confusão com colegas do meio acadêmico. Em 1842,publicou  a descrição científica dos " lagartos terríveis"". um trabalho extens…

Couraça de São Patrício

Imagem

Os cearenses: Jovita Feitosa (vídeo)

Imagem

Comentário de leitor do blog merece destaque - Por Giovani Costa

Imagem
Ao fazer a leitura dos comentários das postagens, que aliás são muito poucos, um me chamou muito a atenção, me emocionou e me motivou para continuar este trabalho de divulgar nossa cultura. O cidadão Antônio Ribeiro de Sousa que escreveu e publicou eu não o conheço, mas fico muito grato pelo apoio e quero dizer que  só vem abrilhantar o nosso modesto blog, e dignifica mais ainda a nossa missão de informar a nossa gente!

A INVASÃO DE LAVRAS POR QUINCO VASQUES

Imagem
A INVASÃO DE LAVRAS POR QUINCO VASQUES


No amanhecer de sete de abril de 1910 o centro da cidade de Lavras da Mangabeira, no Centro-Sul cearense, era invadido por cangaceiros comandados por Joaquim Vasques Landim, o Quinco Vasques. Era político o intento, e como alvo, o mandão provisionado do feudo de Dona Fideralina – o Coronel Gustavo Lima. Não são muitos os relatos literários que atentem com riqueza de detalhes a este objeto, e ao presente trabalho, interessa uma tentativa de interpretação através do comparativo de duas versões díspares, principalmente. Nas páginas de O Rebate, periódico que circulou no Cariri entre julho de 1909 e setembro de 1911, nota-se uma destas versões, assegurada por seu redator principal, o Padre Joaquim de Alencar Peixoto. No jornal, uma série de cinco artigos atribui aos coronéis do Crato, inimigos declarados do Pe. Peixoto, participação crucial no evento.
A outra versão apoia-se em autos de inquérito e em depoimentos do próprio Quinco Vasques, assim como d…

O bicho tá bom todo! Por Mundim do Vale

Imagem
CAUSOS LÁ DE NÓS - Por MUndim do Vale. O BICHO TÁ BOM TODO! Raimundo Mouco,morador do sítio Chico, quando mais novo era chegado a negócios tipo; Compras, vendas e trocas.
Certa vez ele trocou uma vaca parida e uma biroba, num jeep ano 59. A troca não foi boa para Raimundo, em virtude do carro está muito extragado e ele não tinha nenhum conhecimento no ramo de veículos,sem contar com a agravante, de ter parado todos os seus negócios para tentar consertar o jeep.
Depois de muita luta sem conseguir um mecânico qualificado e nem encontrar as peças de reposições, abandonou o jeep no terreiro de casa, levando sol e chuva.
O carro tava igual a conselho de pai hoje em dia, não servia mais pra nada. Nem pra meninos brincar de esconde, esconde dentro dele.
Raimundo foi na rua e comprou uma cartolina e um pincel atômico e ele mesmo fez o cartaz de venda, que ficou assim:
- “ Vendi-zi ou troca-zi.
Esse gipe de ano 59.
Acupanha O. X.
Pregou o cartaz numa táboa e colocou perto do veículo.
Um dia passava um…

A velha mangueira - Por Sestor Azimbara

Imagem
Ontem peguei um banquinho, levei-o para uma vereda dentro da mata e sentei debaixo de uma velha mangueira, combalida pelos ataques das bromélias. A sombra confortável, o cântico dos pássaros e a companhia impagável da mata me trouxeram uma paz profunda. Senti-me tão à vontade que comecei a fazer reflexões em voz alta. Minha voz, que para os pássaros deve ser um barulho incômodo, cortou o silêncio e se espalhou na folhagem até alcançar uma ave enorme, de rabo extenso, que parecia observa-me. Sua beleza me encantou. Olhei-o por vários minutos, até que sua insegurança por me ver ali o fez desaparecer. Voltei a falar sozinho. Por um momento, ri de mim mesmo por causa do monólogo que, na verdade, era um diálogo interior tentando dirimir dúvidas comportamentais. Não me importei com o fato de falar sozinho. Afinal, tão sozinho, como estava, quem iria me achar louco? Algumas dúvidas viraram convicções, outras se aprofundaram. mas confirmei uma certeza que já cultivava: Ali era o meu lugar. Sem…

O Crepúsculo - Autor repentista Gonzaga neto

Imagem
O crepúsculo/ sextilha
Autor: repentista Gonzaga neto Quando a lâmpada celeste
Do sol global se apaga
Deus desvia o seu farol
E o negrume tem sua vaga
Pelo sol que é ocultado
Prá noite ter sua saga
Quando o dia abre a vaga
Para a noite aparecer
As estrelas entram em cena
E o claro vai padecer
De mas um dia por detrás
Da do painel do anoitecer Quando o sol vai se esconder
No ventre do horizonte
As aves param a orquestra
Da floresta para o monte
E todo palco do dia
É feito o seu desmonte Quando Deus mostra a ponte
E a estrada do fim do dia
O dia vira finado
E a lua vem com magia
E sem dar pane no sol
Já mantém sua energia Quando o sol sem rodovia
A sua estrada demarca
O estilista muda o brilho
Da cor do dia e a marca
Pelo sol que gera o preto
Por ser do globo o monarca, Quando a noite traz a marca
Da sua saga aparece
Astros brilhante em cenas
E a mãe lua oferece
Um Brilho em quanto o esposo
Sol ,o seu brilho padece Quando o sol já padece
O dia perde sua forma
Como uma metamorfose
A noite Deus já inf…

15 de novembro - Proclamação da República

Imagem

A pecuária desenvolve-se com a chegada da palma forrageira

Imagem
Fonte: Extraído do livro: O queijo de coalho de Pernambuco, história e memórias